Século XXI


Deu certo! Olha o Abestado aí!

tiririca presidente

Quem articulou a campanha do Tiririca foi um gênio. Poderia ter posto ali um Patati ou Patatá, ou até mesmo um carinha qualquer vestido de Bozo. Mas preferiu o Tiririca. Por que isso? Acho que nunca vou saber, pelo menos com a sanidade em perfeito estado. Mas não é que deu certo? O Palhaço cantou, dançou, fez gracinhas, pulou e riu. Taxá-lo de inocente, é insultar sua própria experiência de vida. Rotular este homem simplesmente de Palhaço, não chega nem perto daquilo que ele é ou pretende ser.
Pouco antes do pleito, houve uma parca tentativa da revista Época e de seus fiéis seguidores de classe média de denegrir sua imagem e impugnar a candidatura. Nada deu certo, e o Palhaço, dono da legenda 2222 chegou lá. Mas não chegou carregado por um barbudo ensandecido, tal qual um ex-gari fez em São Paulo. Chegou carregado nos braços do povo, que fez dele um dos deputados mais votados da nossa história democrática. Também o que fez o povo levar este homem ao Parlamento é algo que demandará estudos sociológicos, antropológicos, políticos e será até mesmo objeto de teses de mestrado ou doutorado.
Hoje, dois dias depois do fatídico 03 de outubro, a revolta dos derrotados se faz presente. Grandes nomes de renomada cadeiras políticas não se conformam que um Palhaço os fez de trouxa, deixando-os à própria sorte, talvez para as eleições municipais daqui a dois anos.
O ódio virou processo, denúncia revanchista de alguém que ainda sonha permanecer na cadeira, que só não possui a forma de suas bundas, porque o nosso dinheiro as troca frequentemente.
Se foi por protesto, por gozação, por graça ou até mesmo fé ou dó, a verdade é que São Paulo, a locomotiva financeira do Brasil, berço de grandes mentes e pátria dos intelectuais de classe média, carregou nos ombros um Palhaço analfabeto e infantilizado ao Congresso Nacional. Os paulistas fizeram do pequeno Tiririca, uma grande personagem da política nacional, e isto ninguém, nem o mais togado e douto Magistrado ou Ministro vai tirar dele.
Confesso que não fui um daqueles que privilegiou o Palhaço, mas me orgulho em tê-lo me representando lá no Legislativo.
Faça o que fizer, saiba o que souber, ande onde andar, tenho certeza que alguém lá na Câmara Federal, vai traduzir fielmente o que qualquer brasileiro comum faria no lugar dele. Vai deslumbrar-se, sentir-se importante. Depois disto, vai perceber que um Palhaço é muito maior do que um Deputado, porquanto sua responsabilidade é muito maior, é o dever de fazer feliz, ainda que por alguns momentos e que dinheiro nenhum no mundo pode pagar o sorriso de um brasileiro sofrido.
Então, senhores donos do Brasil: deixem o Tiririca entrar de cabeça erguida onde o povo o colocou, porque dali ele sairá ciente de que pertence a outro picadeiro.

Tércio Bamonte (05/09/2010)



 Escrito por El Vergueirinho às 16h18 [] [envie esta mensagem] []






Tá pensando o que?

 

É DILMA NO CORAÇÃO E NA CABEÇA!



 Escrito por El Vergueirinho às 14h05 [] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 


BRASIL, Sudeste, Homem, de 26 a 35 anos, Breton, Cinema e vídeo, Papelaria e escritório









 
 




UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis
 
 

Dê uma nota para meu blog